O PODER DA OBSERVAÇÃO

Todos nós de uma forma ou de outra estamos no caminho rumo à grandeza, e para tal, almejamos sempre aprimorar nossa inteligência, para fins pessoais, acadêmicos, profissionais e espirituais, para poder melhor discernir as situações e nossas escolhas diante delas.

Mas o que é, de fato, inteligência?

“A palavra inteligência se originou a partir do latim intelligentia, oriundo de intelligere, em que o prefixo intersignifica “entre”, e legere quer dizer “escolha”. Assim sendo, o significado original deste termo faz referência a capacidade de escolha de um indivíduo entre as várias possibilidades ou opções que lhe são apresentadas.”

Ou como gosto de relacionar: Inteligência é a arte da sobrevivência.

Sobrevivência que tanto procuramos prolongar dentro do ambiente profissional, acadêmico, familiar e demais grupos sociais. A Sobrevivência é o resultado de nossas escolhas, e só conseguimos melhor tomá-las quando nossa percepção consegue analisar holisticamente cada detalhe de um único fato.

Logo podemos concluir que inteligência é alcançada com o poder da observação.

Em perfeita analogia o mundo ao qual estamos agora se assemelha a um período em que nos perdemos em uma selva, onde nos encontramos sozinhos e somos instintivamente e racionalmente estimulados pelo poder da sobrevivência à se tornar inteligentes, observando cada detalhe para as melhores tomadas de decisões. Nesse cenário onde precisamos controlar nossos desejos, emoções, como o medo a fome e as ansiedades, saberemos quais frutos poderemos comer ao observarmos os frutos que são comidos pelos pássaros e saberemos quais frutos rejeitar ao observar os pássaros assim também o fazendo, iremos saber controlar nossa respiração ao avistar predadores se aproximando. Ao avistar taboas, plantas que só nascem no brejo, saberemos que não devemos passar por lá e arriscar se atolar.
Da mesma forma o mundo ao qual fazemos parte também nos entrega as respostas as nossas mais profundas dúvidas, mas só iremos encontrá-las quando estivermos dispostos a observar os mistérios que as partículas soltas pelo espaço estão a nos mostrar. Tendo a consciência que observar não está totalmente ligado ao poder da visão e sim ao poder da percepção. Inclinar-nos ao mundo que não vemos, nos conectar com as demais dimensões pode nos dar muito mais do que a inteligência necessária para uma gloriosa sobrevivência nesse mundo, mas também a grandiosa satisfação pela plenitude alcançada pelo conhecimento das dimensões do universo externo e do nosso universo interno.
Desperte suas percepções para alcançar a sabedoria através da quebra dos conceitos impostos e abertura mental para as dimensões desconhecidas.

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s